24 de nov de 2015

DUMPING e HIPOGLICEMIA

Qual a diferença entre Dumping e Hipoglicemia?

"Dump" em inglês significa "derrubar abruptamente".

Em termos médicos, segue ao final deste post uma explicação mais detalhada sobre o assunto.

Ocorre que percebi que além do dumping um outro efeito colateral da cirurgia vem me atingindo ultimamente, a hipoglicemia.

Hipoglicemia é a  baixa concentração de glicose no sangue e pode ocorrer quando o indivíduo fica muito tempo sem comer, ou mesmo após se alimentar. Pacientes que comem doce tem mais tendência a ter hipoglicemia.

Tontura, palidez, taquicardia, nervosismo, vômito e fome, são alguns dos principais sintomas da hipoglicemia. Por isso é importante lembrar que de três em três horas é necessário se alimentar, e o  consumo de açúcares, como doces, confeitos, devem ser evitados também.

Meu médico já havia me aconselhado que uma vez que esteja com hipoglicemia, o ideal é tomar sucos sem açúcar ou consumir frutas (para mim MAÇÃ é o melhor remédio, inclusive para combater dumping), ao invés de ingerir doces, o que proporcionaria a ter novas hipoglicemias no futuro. Os sucos contêm frutose que é um tipo de açúcar que pode ajudar bastante neste caso.

A dificuldade está em diferenciar Dumping de Hipoglicemia Tardia, já que ambas ocorrem após 3 horas das refeições.

Na dúvida, como uma fruta, já que outros tipos de alimento podem elevar a taxa de glicose muito rapidamente, derrubando-a em seguida, gerando outro dumping. Não tem fruta à mão? Já passei por isso, e resolvo com pouco carboidrato (bolacha, pão, etc) e muito devagar, mas devagar mesmo e mastigando muito.



EXPLICAÇÃO MÉDICA DO DUMPING:
"A Síndrome de Dumping, também é chamada de "esvaziamento gástrico rápido", ocorre quando a parte inferior do intestino delgado (jejuno) enche-se rapidamente com alimento não digerido no estômago, causando desagradáveis efeitos digestivos. A Síndrome de Dumping também pode ser desencadeada em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica devido ao consumo de carboidratos simples (açúcar, balas e doces) ou carboidratos com alto índice glicêmico.
Tipos de Síndrome de Dumping
Há duas variantes da Síndrome de Dumping: precoce e tardia. A Síndrome de Dumping precoce normalmente começa durante ou imediatamente após uma refeição. Os primeiros sintomas da Síndrome de Dumping são: cólicas abdominais, inchaço, palpitações, náuseas, vômitos, inchaço, diarreia e falta de ar. Em contrapartida, a Síndrome de Dumping tardia ocorre normalmente entre uma e três horas após a ingestão de alimento. Os sintomas da Síndrome de Dumping tardia incluem: tonturas, fraqueza e fadiga.
O que causa a Síndrome de Dumping?
A cirurgia bariátrica é a principal causa da Síndrome de Dumping, porque ele altera a anatomia e o funcionamento digestivo normal do estômago, e também (no caso de bypass gástrico), do intestino delgado. Ela também pode reduzir a quantidade de sucos digestivos do estômago e do pâncreas.
Tratamento da Síndrome de Dumping
Pacientes que sofrem de Síndrome de Dumping precisam mudar os seus hábitos alimentares: consumir várias pequenas refeições por dia, de preferência, incluindo alimentos que são mais pobres em carboidratos, especialmente os açúcares refinados. Além disso, eles não devem beber líquidos com a comida. Por último, os doentes devem assegurar que todos os alimentos sejam mastigados completamente.
Síndrome de Dumping é um indicador de má alimentação após a cirurgia bariátrica
Síndrome de Dumping não acarreta um grande risco para a saúde. Pelo contrário, é um indicador que os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica estão comendo em excesso ou muito rápido ou ainda, ingerindo alimentos ricos em açúcares. Na prática, a maioria dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica não apresentam mais do que dois ou três episódios graves de Síndrome de Dumping.
Autor: Dr. Tufi Dippe Júnior - Cardiologista de Curitiba - CRM/PR 13700"

PROBLEMAS COM SEU PLANO DE SAÚDE: LHE AJUDO GRATUITAMENTE, COM INFORMAÇÕES E NÃO VENDENDO PLANO. ACESSE:




 

1 de nov de 2015

4 anos e 9 meses depois

Já faz um tempo que não escrevo. Quanto à cirurgia, pouca coisa mudou para mim nesse último ano, a não ser a quantidade de amigos que fizeram a cirurgia e voltaram a ganhar peso (consideravelmente) e outros que já estão em situação de Obesidade Mórbida novamente.

Difícil entender como chegam a esse ponto, a não ser quando tentamos entender a mente humana.

O estômago nada tem a ver com o fato de a pessoa ser obesa ou não. Isso é fato. quem manda no corpo é a cabeça, e se essa não estiver pelo menos apta a mudar, não tem cirurgia que dê jeito.

Está pensando em fazer a redução de estômago? Conselho de amigo: trate a cabeça primeiro.

Eu fiz todos os exames, o pré-operatório e tudo mais, só faltando deitar na mesa para operar em 2009. Desisti porque não achava que estava pronto pra isso. Tentei emagrecer com reeducação alimentar, piorei minha situação com mais ganho de peso ainda, e só em 2011 fiz a cirurgia bariátrica.

Estabilizei mesmo com esses 91/92Kg, tendo sido operado com 132kg.

Alimentação continua cada vez mais adaptada, com dias que almoço/janto cerca de 450g de comida.

Adoro comer. Seleciono. Só isso. Como besteiras? Sim, o dia todo. Mas priorizo comida de verdade (Arroz, feijão e carne).

Na minha vida privada, muita coisa mudou. Mesmo!!!

Meu filho continua lindo! Agora com quase 3 anos, esperto que só! AMOOOO!!!


Meu casamento com a mãe do meu filho chegou ao fim e depois reencontrei uma namorada de adolescência, voltamos e descobrimos que deveríamos ter ficado juntos. Agora ficamos. Nos casamos em 19/09/2015. Viviane é médica (não faz Gastroplastia. rs) e é uma pessoa adorável que trata meu filho com muito amor também.



Iniciei também uma nova etapa na minha carreira profissional. Como advogado, passei agora a ajudar as pessoas com esclarecimentos sobre Planos de Saúde. Vou falar mais sobre isso em um post futuro (em breve). Mas se quiser ir conhecendo http://ieps.net.br




4 de out de 2014

1061 Dias depois

A correria da vida não justifica ter ficado quase 1 ano sem escrever nesse blog.
Atualizando a situação de alguém que fez gastroplastia (fobi capela com y de roux), depois de mais de 3 anos e meio de operado:
- O peso estabilizou em 90Kg (variando 1Kg pra cima e pra baixo a cada pesagem). Eu tinha 131,2Kg quando operei.
- O peso pouco importa agora, já que a falta de exercícios e hábitos caseiros e de trabalho diminuíram muito missa massa muscular, e isso sim faz falta. Sem massa magra, a sensação de cansaço é maior e as dores por falta de suporte também. Por exemplo: apareceu uma dor no joelho que eu nunca tive nem nos dias de gordão. Certeza que é falta de massa muscular nas pernas para dar suporte ao corpo.
- Cãimbras eram mais frequentes, mas descobri que além da falta de músculos, a falta de água influi muito mais.
- Dumping são frequentes, mas controláveis. Como muito doce, mas chocolate, bolachas e outra coisas mais caseira assim não dão dumping em mim, mas sorvete do McDonalds, Doces grandes como Cheesecake, sorvete (picolé ou massa) e pudim são certeza de dumping. Comidas com muito carboidrato (muito mesmo) e muito gordurosas também dão dumping. Sintomas: de imediato uma forte sensação de sono/cansaço, com direito a boçejos e tudo. Daí uma vontade de ir ao banheiro e em algum tempo depois seguido de diarréia. Tratamento: esperar passar ou comer alguma fruta (maçã funciona muito bem). Doces para aumentar o nível de glicose pioram a situação depois, pois o rebote é maior.
- Percebi também que algumas vezes uma sensação semelhante ao dumping aparece, mas não é dumping, é hipoglicemia mesmo. Por algum motivo o nível de glicose cai e os sintomas são os mesmos. Apenas esclarecendo, nunca tive diabetes e minha glicemia sempre foi normal.
- Como sempre uma quantidade entre 400g a 450g de comida, podendo ser mais, caso demore muito para comer, a comida desce e dá para comer mais. Mas para quê? De vez em quando a situação pede e é necessário controle. Mas evito comer demais.
- Reparei que aumentei a velocidade com que estou comendo. Estou mastigando menos também. Preciso me controlar nesse ponto. Acho que preciso conversar com a Psicóloga de novo.
- Como de tudo (mesmo), desde comida saudável (prefiro) a sanduíches e outras tranqueiras fritas, mas as comidas como arroz, com grão (feijão, grão-de-bico, lentilha...), uma carne e salada, são as que mais saciam a fome e fazem menos mal.
- Vou ao banheiro umas 3 vezes ao dia, e se como comidas gordurosas ou muito doce, o cheiro tende a ser muito, mas muito desagradável. A consistência é geralmente mais pro mole/pastosa e de vez em quando fica mais firme (o que já desacostumei, acho mais fácil mole para limpar e tal..kkkk).
- Como a cada 2 ou 3 horas, de tudo quanto é coisa. Seja castanhas, frutas, pães, salgadinhos, doces... A quantidade varia dependendo do intervalo que dou entre uma refeição e outra. Assim, quanto mais vezes como, menos eu como. Doido isso não?
Bom, espero ter ajudado com esses esclarecimentos de longo prazo. Abraços a todos e boa sorte.
A foto é de hoje (4out2014)



26 de mar de 2013

777 Dias depois

Que número mais cabalístico para um post, não? kkk
2 anos, 1 mês e 18 dias depois da operação (não, eu não fiquei contando, tem um aplicativo no Iphone que faz isso pra gente, rs).
Depois da cirurgia, fiz várias viagens para o exterior (que a gente come muito), fui sempre a restaurantes durante a semana, começando com 1 prato dividido com minha esposa logo após a cirurgia e depois pedindo um para cada, e agora estou aqui, com meus 88Kg e fraco.
Sim, engordei um pouco depois de ter chegado aos 85Kg. E foi gordura mesmo, já que parei de fazer academia a um tempo (uns 8 meses) e perdi muita massa muscular, ou seja, é banha mesmo que se acumulou.
Como pode, se não cabe mais? Cabeeee... é só você comer toda hora e escolher coisas como chocolates, bolachas e salgados que você engorda de novo. Tenho todavia tomado o cuidado de comer mais equilibrado nas refeições, com um pouco de carboidrato, proteina e salada sempre. O que acho que está salvando.
Dumping rola de vez em quando por causa de doces, e o maldito sorvete do Mc que é certeza de dumping. Tenho que compensar a falta de glicose com algo levemente doce como uma fruta (maçã pra mim é a que volta mais rápido), mas a diarréia depois de um dumping forte é quase certa.
Agora vou voltar para a academia em breve, estou determinado! Veremos..

24 de fev de 2013

Nasceu meu bebê!

O Nascimento do primeiro filho é tido como uma das maiores emoções na vida de uma pessoa. Mas para mim, a emoção de me apaixonar cada dia mais por meu filho que nasceu dia 29/1/2013 é ainda maior. Te amo filho!!!


27 de dez de 2012

Tentando manter a pose

É pessoal, depois de um tempo sumido, venho lhes colocar a parte do que anda ocorrendo comigo.
Eu e minha esposa estávamos tentando engravidar já tinha um tempo, mas devido ao seu hipertireoidismo, as médicas orientaram a cuidarmos disso primeiro antes de para de tomar a pílula.
Cuidamos. Graças a Deus sem precisar de tratamento com Iodo, o que dificultaria ainda mais nossos planos e ficamos grávidos de um menino que está para nascer em breve, já que ele é bem grandão e apressado pelo visto.
Fomos aos EUA buscar itens do enxoval do bebê, já que fica bem mais em conta que aqui, e acabei abusando das comidas deliciosas daquele lugar. Ganhei uns 3 quilos em 7 dias. Um absurdo, eu sei.
Na volta tentando me regrar, acabei perdendo 2Kg em alguns dias, e ainda estou devendo 1Kg pra balança.
A dificuldade está no fato de eu ter parado com a academia e de nadar. Isso realmente faz muita diferença e estou sentindo isso na pele. Literalmente, já que sinto a pele desabando na barriga e nos braços devido à perda de massa magra e a pele de sobra que eu não tirei com plástica fica em evidência.
Resumindo, estou com 86,5Kg agora e tentando manter o máximo possível nisso, mas dando umas abusadas de vez em quando, dando umas dumpeadas vez ou outra, mas sentindo que agora tudo cabe e o pior, passa bem rápido, o que contribui para voltar a engordar. EU NÃO QUERO E NÃO PERMITIREI ISSO!
Abraços a todos(as)!

16 de jan de 2012

16/01/2012 - Quase um ano depois

Queridas pessoas!
Depois de muito tempo resolvi dar uma passadinha por aqui para lhes colocar a par do que anda acontecendo comigo.
Depois de quase um ano de minha cirurgia bariátrica (operei dia 08/02/2011), percebo que meu peso chegou a um equilíbrio.
Quando atingi 85Kg parei de emagrecer, mas não parei de comer o mesmo tanto que vinha comendo (cerca de 300 a 350g de comida por refeição principal e várias beliscadas no decorrer do dia).
No final do ano, com as festas, puladas na academia e tal, cheguei aos 87Kg. Ou seja, ganhei uns 2Kg nessa brincadeira.
 Agora pasmem, resolvi fazer uma dieta detox que minha esposa pegou na internet de uma nutricionista que trabalaha com o Ivo Pitangui, chamada Bia Rique (tem no site da globo: http://gnt.globo.com/saude/noticias/Dieta-pos-festas--confira-dicas-e-cardapio-de-uma-semana-de-detox.shtml)
Bom, a dieta é bem facinha e não tem quase carboidratos e tal. Claro que se eu comesse só isso ia ficar cheio de vontades e como minha cirurgia além de restritiva é mal-absortiva, eu posso comer uns doces e tranqueiras aos poucos que não rola nada. Ou seja, comi umas paçocas e chocolates nesse meio tempo, mas só pra dar uma adoçada. Resultado: perdi 2Kg em 5 dias e a dieta ainda nem acabou. Já estou com 85Kg de novo.

Tenho feito academia junto, musculação de 2a e 4a e natação de 3a e 5a, o que ajuda a perder muito mais rápido peso também em casos de engordamentos repentinos e o mais importante, refaz massa magra, o que percebo que perco com muita facilidade agora.
Essa massa magra é muito importante, já que eu não operei para tirar excesso de pele, então a parte muscular preenche o espaço. Também ajuda a dar mais disposição.
Ahhh... tenho percebido uma fraqueza de vez em quando que se assemelha a um dumping, então como alguma coisa doce e logo passa, então não sei na verdade se é dumping ou só fraqueza mesmo, já que algumas vezes me deu isso sem ter comido nada muito doce antes ou exagerado na comida.
Vou voltar a fazer Pesca Submarina agora. Ontem comprei o equipamento e a roupa de neuprene (tamanho 3 - muito pequena...kkkk). Dia 21 terei um mergulho com amigos no campeonato paulista de caça. Claro que não vou competir, mas é muito bom para pegar dicas de experientes num evento desse. A últma vez que mergulhei em caça fazem uns 18 anos!!! E nunca usei roupa porque não cabiam em mim ou eu engordava tão rápido que as perderia facilmente.
Vou colocar uma foto com antes e depois no mesmo local que tirei a minha última foto antes da cirurgia. Dá um bom comparativo.
Obrigado às amigas que continuam a me escrever mesmo depois de ter sumido daqui, vocês são umas lindas mesmo!!
Beijos a todos.

29 de out de 2011

29/10/2011 - Ainda estou vivo

Sei lá quanto tempo faz que eu não escrevo. Estou digitando do IPhone, então não espere muito... Andei acompanhando minha esposa na dieta dela e acabei perdendo um quilinho e pouco. Está ótimo para quem já tinha estabilizado.
Estamos indo à academia esporadicamente, onde tenho nadado e feito musculação. Não gosto muito de esteira pra ser sincero.
Hoje nem almocei pq acordei tarde e comi ovo frito com pão. Depois comi pipoca no cinema onde assisti Contágio (muito bom mesmo). Agora vou usar um dos cupons que comprei no site de compras coletivas de Bife a Parmeggiana para 3. Detalhe, só nós dois vamos comer. Vai sobrar muito.
Hoje estou com 87,2Kg e minhas calças novas ficam caindo de novo. Não aguento mais comprar roupa.

5 de out de 2011

237° dia - 04/10/2011

Correria...

Dia político na maioria, com reuniões políticas e no final uma festa de confraternização dos voluntários da Festa Italiana aqui de São Caetano do Sul.
No meio disso tudo ainda fui para a Fundação das Artes resolver uns probleminhas e começar a resolver outros e ainda programei duas festas do Circolo para esse mês e o mês que vem. Festa com comida. Coisa de gordo. kkkk, mas uma delícia de se planejar, fazer e comer.
Ahh, ainda fi com a Joyce para fazer um ultrassom antes de almoçarmos no Quilo que vamos sempre.
Na sua maioria mantive o equilíbrio e comi certo (um pouco).

Cardápio do dia:
15h: Arroz, dobradinha com feijão branco, fígado acebolado e salada
17h: trufa de chocolate
20h: 1 coxinha e 1/2 sanduíche de mortadela (50g)
22h às 23:30h: 1 fatia de pizza 4 queijos, 1/2 fatia de pizza de milho e 1 fatia de pizza de chocolate branco com abacaxi.

3 de out de 2011

228° a 236° dias - 25/09/2011 a 03/10/2011

Eu sei que o nome do Blog é "Diário de um estômago Reduzido" e eu deveria escrever diariamente, mas diante da minha falta de tempo, com a falta de interesse em leitores, me sinto falando ao vento e acabei perdendo a vontade de escrever todo dia. Na realidade ultimamente estava mais para um exercício de auto-ajuda do que para divulgar e ajudar a quem precisasse de meus aprendizados e erros que cometo dia após dia pós-cirurgia.

Não andei fazendo muita coisa errada, comendo aquele mesmo tanto de sempre, pulando o café-da-manhã muitas vezes e indo à academia para uma esteira e musculação de vez em quando. Estou perdendo muito pouco peso agora, mas acho que isso era de se esperar nesses quase 8 meses de pós-cirurgia.
Vamos ver o que vai ser quando o calor que está chegando me impulsionar para ir mais à academia, principalmente para a natação.
O que estou percebendo agora, que antes não era tão evidente, é o cheiro e a quantidade de flatulência. Absurdo!
Não sei se é do que estou comendo ou se meu intestino não anda mais tão eficaz como antes, digo, logo após a cirurgia, porque não era assim até uns 2 meses atrás.
Vou começar a comer só alface dia e noite e ver o que acontece. Kkkkk Até parece.

Cardápio do dia (ontem):
16h: Whooper Jr.
21h: Sukiaki com arroz japonês
22h: maçã do amor (1/4)
23h: Mais um pouco de sukiaki
1h: 2 laranjas
3h: mais um pouco de sukiaki

25 de set de 2011

227° dia - 24/09/2011

Depois de esperar o show da Rihanna no rock in rio pelo Mutlishow até sei lá que horas da madrugada, não aguentei e dormi depois de umas 4 músicas. Fui levar a Joyce na Pós eram 8h, saí de lá e fui ao Mc Donald's pegar meu Mc Muffin com café. Desceu bem.
Dali para o Mercado Municipal, esperando 30 minutos para parar o carro, mas dessa vez consegui. Comprei a fava de baunilha e outras coisinhas de cozinha na região.
Fui para casa, comi umas coisas da geladeira e fiz Creme Brulée (em breve receita com fotos no outro site). demorei 3h30m para terminar. Deixei esfriando e fui buscar a Joyce.
fomos a um encontro com amigos da época de colégio. Muito divertido rever alguns depois de 16 anos. Comemos umas coisinhas, bebemos outras e fomos ao Starbucks comer uma sobremesa e um café copada delícia para encerrar a noite. Mas claro que minha fome não podia deixar barato e tive que esquentar uma fatiazinha de pizza para domir.

Cardápio do dia:
8h30: Mc Muffin e café
9h: frutas degustação no Mercadão
12h: 1/2 fatia de pizza
13h: arroz com frango cozido
17h: Jabuticabas
19 às 23h: pãezinhos, salame, azeitonas, batida de vodka, cerveja (4 copos), mini-sanduba de linguiça, 1 mordida na sardinha frita e 1 mordida no churros com doce de leite.
23h30: bolo de maça com café
1h30: fatia de pizza

23 de set de 2011

226° dia - 23/09/2011

Fui levar a Joyce na manicure, passei para pegar meu casaco que estava diminuindo na costureira. De vez em quando ainda deixo umas peças para diminuir. As que sobraram e ainda serviam depois da cirurgia pois eram apertadas e as que comprei depois da cirurgia.
Não tenho a mínima idéia do meu tamanho no Brasil, mas minha numeração nos EUA antes era mais de 42 e hoje já estou no 32 loose fit ou 34 straight fit. Acreditem, é bem pequeno. Hoje estou usando uma 34 loose fit e ela fica caindo com o cinto que eu já diminui uns 20cm.
Tá dificil. Vou falir se for comprar roupa toda hora desse jeito.
Fiz compras no supermercado, mas me contive, pois ultimamente estava indo ao mercado e comprava um monte de coisas, mas não é mais como antes, já que a dispensa hoje em dia demora muito para esvaziar, aí acabo ficando sem lugar para colocar coisas novas ou perco produtos pois eles vencem. Tenho muita dó disso.
Fui para o Forum, voltei pra Fundação e pro Forum de novo.
O que tenho percebido é que fico comendo doces o dia todo agora. Estou sempre com uma bala de chupar, ou comendo balas de banana no carro, ou pirulito, ou chocolate... Isso é muito perigoso para voltar a engordar, o médico já disse!

Cardápio do dia:
11h: suco de manga
14h: arroz, frango ao molho branco com aspargos
17h: balas de banana e halls
18h: chocolate com avelãs
19h: panetone de frutas com margarina e café
21h: pirulito
23h: jantar (não sei ainda o que, mas vou fazer daqui a pouco. Provavelmente arroz, com tutu de feijão e linguiça)

225° dia - 22/09/2011

Trabalho, reunião e mais trabalho. Uma chatice necessária!

No meio disso eu ainda fiz arroz, feijão, bife à cavalo para o almoço e na janta me deu preguiça e fiz uma sopa missô para mim e a Joyce comeu bolachas com chá. No intervalo, chocolates, pipoca doce e salgada, suco de abacate e lanchinho prensado. Uma belezinha de dieta mesmo #NOT!
Dia besta, né! Ahh. me deu uma diarréia monstro. Tomei Floratil e fui dormir. Kkkk

Cardápio do dia:
13h: arroz, feijão, bife à cavalo e salada
16h: chocolate
18h: suco de abacate, lanche de presunto e queijo prensado
19h: pipoca doce
20h: pipoca salgada
22h: missô (sopa)

224° dia - 21/09/2011

Tive audiência em Itaquera. Era para ser um divórcio bem simples, com tudo acordado entre as partes, só faltando assinar a petição, levar para o Promotor, o Juiz e sair de lá com o Mandado de Averbação para registrar no cartório o divórcio no verso da Certidão de Casamento deles. Mas vocês acham que poderia ser tão simples assim? Claro que não! Ficamos a tarde toda lá e na volta, depois de rodar meio mundo, chegamos para almoçar eram quase 17h.
O que achar para comer nesse horário? Comida da janta no Shopping, claro. Lá eles começam a colocar bem cedo, então aproveitamos e comemos uma comidinha mais saudável e fresca.
Ainda passei na Fundação para resolver umas coisinhas e depois para casa.

Não, não acabou por ai não. Fomos nos encontrar com amigos que vieram dos EUA para um Sushi em São Paulo. Toca atravessar a cidade de novo, mas pelo menos valeu a pena. O lugar era muito bom e a conversa sempre prazerosa com amigos ajuda ainda mais. Só tem que tomar cuidado porque entre uma conversa e outra, o tempo aumenta e acaba cabendo mais e mais sushis para dentro.

Cardápio do dia:
11h: suco de morango
17h: arroz, feijão, carne assada e salada
22h: sushis e sorvete de morango

21 de set de 2011

223º dia - 20/09/2011

Mais um dia que fiquei trabalhando e no fim das contas não consegui ir à academia. Estou começando a me sentir mal por isso. Não tem desculpa, mesmo que eu diga que fiquei na Fundação até as 21h hoje. A obrigação de me exercitar é minha!
Pior de tudo é a vergonha de ter perdido só 1,5Kg esses últimos 30 dias.


Apesar do dia de trabalho, tudo o que comi hoje foi em casa.
Comi uma fatia de pão com margarina e café de manhã, trabalhei e casa, fiz macarrão no almoço, fui para o Fórum, para o Circolo, coi uma mexirica em casa, para a Fundação, vim para casa, comi mais macarrão, voltei para a Fundação, fiquei em reunião até as 21h e vim pra casa, comer macarrão e depois um lanche de presunto e queijo.
Agora vou comer uma laranja e vou dormir. Isso mesmo, depois disso tudo, mas como já são 1:30h a fome começa a apertar, aí é dar uma forrada leve, banho e cama.

Cardápio do dia:
8:50h: pão com margarina e café
13h: macarrão com carne ao sugo
16h: mexirica
19h: macarrão
22h: macarrão
23h: lanche de presunto e queijo
2h: laranja

20 de set de 2011

222° dia - 19/09/2011

Dia de trabalho e planejamentos para os próximos dias.

O plano inicial era ir à academia à noite e nadar um pouco, mas como estava planejando outros dias à frente, não consegui. Acabei no shopping comendo um sanduíche do Subway. O lado bom é que antes comia um de 30cm com tudo em cima, e agora como um de 15cm meio magrinho e quase não aguento.
Passei o dia fazendo coisas da Fundação e na Fundação. Parece que nunca acaba. Mas acho que tem que ser assim mesmo, senão para que me pagariam, não é mesmo? kkkk
Gosto de acabar o que faço. Me satisfaz muito ver algo que comecei sendo concluído, em especial quando dá certo.
Às vezes não dá certo. Mas fazer o que, né? Aí é só apelar para o lao espiritual da coisa e achar que foi destinado a ser assim mesmo, aprender a lição e seguir em frente.

Cardápio do dia:
14h: salada, arroz, feijão, carne de panela e bacalhau com batatas (+suco de laranja)
16h: trufa de chocolate
17h: café espresso
21h: lanche subway de almondegas com sprite
0h: frango cozido com batata

19 de set de 2011

221° dia - 18/09/2011

Ontem depois que fui ao shopping para ir ao cinema (assistimos "Operação Madrinha de Casamento"), ainda comi algumas coisinhas, como um sanduíche de Cheddar do Bob's e tomei um café no Starbucks, dando uma garfada no cinnamon roll da Joyce.
Hoje dormi até às 13h. Começou a esquentar o quarto demais, porque esse frio que eu sinto agora me faz ligar o aquecedor no quarto toda noite que a temperatura baixa de 15C.
Despertei com uma fome, o que é até normal. Só que ao invés de tomar o habitual café, resolvi tomar suco de maçã com um sanduíche de patê de atum com alface. Pelo adiantar da hora até que foi bem normal, considerando que seri como um almoço sem café-da-manhã.
Depois decidimos ir até São Vicente onde fomos comer no Restaurante Boa Vista.

Faziam uns 7 anos que não íamos para lá e eu precisava comer carangueijo desesperadamente. Comi, acompanhado de arroz com pirão (só umas 2 colheres do acompanhamento, mas carangueijos foram 3. Considerando que cada um deve ter uns 50g de carne no máximo, até que foi uma boa quantidade.
Quando voltamos para São Paulo, resolvemos assistir outro filme (sim eu amo cinema), e esse de hoje foi muito bom "Medianeras". É um filme Argentino muito legal, que vale a pena assistir com certeza, para quem gosta de filme mais cabeça.

Antes do filme comemos uma sobremesa. Na verdade meia, já que a tortinha de pêra com lascas de amêndoas foi muito doce e só comi meia com café. A Joyce optou pelo Creme Brulée, que uma colherada que comi estava uma delícia.

Chegando em casa já estava com muita fome e resolvi abrir a marmita e comer umas 2 colheradas de arroz com pirão e peixinho frito (isca). Pesou um pouco e tomei um chá chinês que é bem digestivo (oolong).

Cardápio do dia:
13h: sanduíche de patê de atum com alface e suco de maçã
18h: 3 carangueijos, arroz e pirão de peixe
20:30h: 1/2 tortinha de pêra com lascas de amêndoas e café.
0h: arroz, pirão e isca de peixe.

17 de set de 2011

216° a 220° dia - 13 a 17/09/2011

Muitas coisas a se fazer e tão pouco tempo.
Resolvendo problemas da Fundação, jurídicos, mas de forma administrativa. Dá mais trabalho do que fazer ou responder a processos. Mas faz parte...
É um tal de conversa com um ali, outro aqui, fala com político, fala com técnicos, fala com Deus e o Mundo, e aos poucos vamos resolvendo os assuntos pendentes.
Almoçando comida de verdade, dando umas beliscadas em doces e outras besteirinhas à tarde e jantando comida à noite. Até que me comportei, mas a academia que é bom nada.
Na quinta-feira (15/09/2011) fui dar mau primeiro depoimento ao pessoal que se interessa pela operação em um auditório lotado. O evento é organizado pela equipe médica que me operou e é fundamental para quem quer  ser gastroplastizado, já que eles tiram dúvidas e ainda dá para ver o resultado dos operados (como eu), que contam seus progressos e suas dificuldades.
Minha família foi assistir e dali fomos a um restaurante em Santo André, onde comemos costeletas de porco com molho Barbecue, Bife e Carré de Cordeiro grelhados, com batatas sautée, purê com queijo e bacon e macarrão. Ou seja, tudo light para comemorar a perda de peso coletiva do Mundo.Kkkkkk... tudo errado.

Hoje me comportei melhor e fui de manhã ao lançamento do livro do Prefeito daqui de São Caetano do Sul (Dr. José Auricchio Jr.), que também é médico. O livro se chama "ABC da terceira idade" e trata do assunto de forma bem didática e de forma simplificada para alcançar a um número bem grande de leitores e orientar que é possível viver uma velhice saudável e agradável, e que a terceira idade não é o fim de tudo, mas o começo de uma nova época, que pode ter suas boas novidades aliadas à sabedoria que só a idade nos traz. eu gostei (só li umas 30 páginas até agora, mas já estou gostando).
Fiz almoço aqui em casa pra todo mundo, com um cardápio bem variado, mas eu comi meu pouquinho e fiquei bem. Teve Nhoque de mandioquinha e Conchiglioni com molho ao sugo, Frango Assado de Rotisserie, Costela de porco com molho Barbecue (de novo, mas eu quem fiz agora), salada de folhas e pepino, suco de graviola, trufa Bailley's com café espresso e mousse de limão de sobremesa. Afff... Família gorda é fogo, mas fica todo mundo feliz comendo bem. Como negar que é bom???
Agora vou ao shopping, possivelmente um filminho..

Cardápio do dia (até agora):
9h: café puro
14h: conchiglioni e duas costelinhas de porco com barbecue e salada
15h: trufa Bailley's e café
17h: mousse de limão

13 de set de 2011

215° dia - 12/09/2011

Despertar, levar a esposa para trabalhar, me preparar para uma consulta e levar um calote da cliente logo cedo desequilibra qualquer um...
Tudo bem, vamos em frente. Ligo o computador, vejo os e-mails, recebo pedidos do chefe e vou executá-los. Tento um, tento dois e nada de respostas positivas de quem deveria executá-los de verdade....
Se hoje não era para trabalhar, que alguém me avisasse e eu nem saía da cama.
Desisti de tudo e fui para São Paulo com minha mãe dar andamento em processos. Pelo menos alguma coisa foi produtiva.

Almocei na casa da minha mãe. Ela fez Grão de Bico com ingredientes de feijoada. Adorável de delicioso!
Depois disso, fiquei muito, mas muito tempo sem comer. Algo como umas 7 horas! Morto de fome, cheguei em casa e fiz um sanduba de queijo branco com ovo cozido. Ficou bom, mas a tal mistura de proteína com queijo acho que anulou tudo. Mas que tava bom, tava.
Tentamos ir à aula de dança de salão que recomeçava hoje, mas não deu certo, daí fomos ao rodízio de sushi e comi umas pecinhas, algo como uns 300 gramas.
Morto de sono, mas pelo visto acho que vou acabar dormindo umas 2h de novo. Eita vida!

Cardápio do dia:
7h50: pão com ovo frito e café
12h: arroz, grão de bico com linguiça calabresa
19h: sanduíche de queijo branco e ovo cozido
21h: sushis com chá quente ban-chá
0h: frango grelhado (40g) e suco de maçã.

12 de set de 2011

214° dia - 11/09/2011

Depois do aniversário da minha sobrinha de ontem, no qual acho que me comportei muito bem, obrigado..kkk, então, depois disso, hoje foi dia de dormir até tarde para recuperarmos as energias da semana. Eram 12h quando despertamos e fiz um ovo mexido com bacon frito, pão francês e café. Apesar do exagero calórico, a quantidade ingerida foi bem pequena e o tempo que se leva para dar fome depois de um café destes é bem maior que quando se come só uma torradinha.
Fomos visitar nossa amiga que fez plástica no abdomen, lipo e seios.. deve estar doendo demais, mas ela jura que não é tanto assim. Sei lá. Comi duas bolachas água e sal e tomei café na casa dela.

Voltamos para casa e fiz macarrão à bolonhesa, que fazia muito tempo que não comia. Já era de tardinha e ficamos em casa o resto do dia fazendo coisas de casa mesmo. Às vezes é bom, e às vezes é só necessário. Na verdade nunca vi o dia que arrumar casa é bom, mas acho que ele chegará...Kkkk

Cardápio do dia:
12h: pão, ovo mexido, bacon e café
17h: macarrão à bolonhesa e salada
19h: laranja
22h: pão-de-queijo com café
23h: cup cake de cenoura com chocolate
0h: salada