18 de abr de 2011

68º dia - 17/04/2011

Domingão bom de dormir. Não sei o que aconteceu com meus vizinhos, mas não teve gritaria, bateção de construção, nem nada hoje. Milagre. Aí dormimos até tarde. Bem tarde. Delícia!
Depois de uma arrumação da cozinha pela Joyce, fui fazer o almoço. Nhoque ao sugo, mas feito desde o cozimento da batata e o nhoque cortado na faca. Fica bom mesmo.
Depois de arrumar mais um pouco as coisas por aqui fomos ao mercado fazer uma lista para um jantar de risotto que vou fazer no Circolo semana que vem e fomos ao cinema. Filme Pânico 4: não sei se é porque não vi os anteriores, mas não curti muito não. Pelo menos comi pipoca e deu uma distraída.

Cardápio do dia:
14h: suco e maçã Ades
16h: Nhoque ao sugo
18h: Cream Cracker com Cream Cheese
19h: Pera
22h: Pipoca e coca-zero



Receita do nhoque:
3 batatas cozidas amassadas
Adicione uma colher de manteiga e duas colheres de parmesão ralado e um ovo.
misture todo e vá acrescentando farinha de trigo até começar a dar liga.
Espalhe farinha sobre a pia e vá sovando colocando mais farinha aos poucos. Coloque um pouco de sal.
pegue bolas do tamnho de bolas de sinuca e com as duas mãos vá fazendo como uma minhoca da massa de um centimetro de diametro, passando pela farinha na pia para não ficar grudando.
Abra várias destas e depois com uma faca vá cortando essas minhocas atravessadas em cortes que ficarão como 1x1cm.
Aqueça mais de meia panela de cozinhar macarrão com água até ferver, coloque um fio de óleo e uma colher de sopa de sal na água. Coloque os Nhoques na água até subirem sozinhos na água. Deixe um pouquinho eles boiando depois de cozidos e tire com uma escumadeira. Coloque o seu molho de tomate ao sugo ou à bolonhesa sobre o Nhoque. Light? Não, mas não é uma delícia?

67º dia -16/04/2011

Dia de aula da Joyce, fiquei em casa sozinho o dia todo. Ou seja, dormi muito até tarde. Acordei, tomei meu suco e fui pra rua buscar remédio na Manipulação (pra Joyce) e fui pro Circolo arrumar os computadores, afinal as aulas vão começar em Maio. Tempo recorde dessa vez, entre arrumar a rede, achar professor e começar as aulas.
Fui a um restaurante japonês e comi um temaki e suco de morango no almoço. Estava dando uma enrolada no início por causa da alga, mas aí comecei a conversar com o sushiman e desceu tudo e comi o resto sem alga só mordendo por fora e foi bem, depois fui bebendo o suco indo embora pro carro.
Quando a Joyce chegou em casa fomos para a casa de nossa madrinha Cami, e ficamos conversando, comendo pizza e conversando, conversando..até umas duas da manhã.


Ahh..bebi meia taça de vinho. Não aconteceu nada. Nem fiquei de fogo, nem doeu o estômago. Nada mesmo.

Cardápio do dia:
13h: suco de maçã
14h: Gatorade
15h: Temaki de atum e suco de morango
17h: banana desidratada
19h: torrada com cream cheese (2)
22h: pizza de calabresa (1 fatia) + vinho (1/2 taça) + torta de limão + balinhas azedas

66º dia - 15/04/2011

Sexta-feira era pra ser um dia feliz, antes do final de semana e cheio de expectativas para descansar um pouco. Mas esta foi bem corrida e cheia de complicações no trabalho. Definitivamente coma que tem coloral não dá pra comer. Tenho que tomar muito cuidado com os restaurantes que vou senão passo mal com certeza.
Entre começar bem o dia e terminar com uma dor no estômago lascada é apenas alguma coisinha que você come e estraga o dia todo. No meu caso foi arroz, peixe empanado e peixe cozido, mas o empanado foi temperado com coloral e o cozido também. Quem faz isso meu Deus? Temperar tudo com coloral? Esse restaurante por kilo está riscado da minha lista com certeza. Dali pra frente, foi vômito, e dor, seguida de enjôo o resto do dia. O que resolve nesse caso? quando passa um tempo, começa a dar uma fominha, tipo umas duas horas depois, aí não pode comer qualquer coisa, o melhor que descobri foi comer uma fruta. No caso, comi uma banana nanica, que dá uma energia e o doce necessário. Depois vai melhorando até o dia terminar e você conseguir dormir bem mais tarde.

Cardápio do dia:
10h: suco de maçã
13h: almoço vomitado
15h: banana nanica
18h: banana e maçã desidratadas e castanha do Pará
20h: Uma hora de natação
22h: bolinho de carne frito (só um, mas tava uma delícia)



Receita do bolinho de carne:
Feito com aquele resto de carne moída com batatas do dia anterior.
Pegue uma batata cozida (ou os pedaços dela, até dar uma batata inteira) e uma cenoura (da mesma forma, afinal ambas estavam no meio da carne), amasse e misture com umas duas colheres de leite e uma de manteiga e leve numa panela para ferver. Vá adiconando farinha de trigo e mexenfo em fogo baixo até formar uma bola mais firme que dê para colocar sobre a pia com farinha e sovar. Sove até ficar fria a massa.
Não esqueça de cozinhar um ovo até ficar duro, descasque e pique e misture na carne.
A quantidade de carne que estamos considerando é algo em torno de um copo.
Pegue uma bola de uns 4cm de diametro e abra na palma da mão ou na pia enfarinhada e coloque uma quantidade perto de uma colher de café de carne com o ovo picado no meio da massa e feche formando uma bolinha.
Bata um ovo em um pote pequeno e coloque farinha de rosca em outro potinho.
Passe a bola no ovo e na farinha e frite em óleo quente, já que o intuito é só dar cor à massa, já que está tudo cozido previamente mesmo. Vá jogando óleo quente sobre a massa enquanto frita e vá viarando a bola.
O bolinho fica com uma cor dourada e crocantezinho por fora. Light não é, mas é uma delícia.