11 de mar de 2011

30º dia - 10/03/2011

Dormir é luxo!
Acordei a noite toda com os olhos colados de tanta ramela, tendo que limpar a toda hora. Levantei à 6:30 e fui pro Hospital especializado. Diagnóstico: Conjuntivite, claro! Mas uma forma viral altamente agressiva.
Sai de lá, comprei os colírios e fui pra endoscopia. Cheguei lá às 9:30. Adiantou? Claro que não. Fui atendido às 11:30. Tomei umas espirradas de anestésico na boca e mais uma na veia do braço. Apaguei
Acordei num sofazinho descansando e a assistente dizendo que tinham colocado muito ar em mim por causa do balão e deveria soltar naturalmente. PUMMM! Um atrás do outro. Quando olhei, tinham duas mulheres na mesma sala em recuperação também. Senti vergonha, mas como estava bem doidão ainda, e elas também, nem liguei. Uma delas até riu da situação.
Com uma dor horrível e náuseas constantes, fui embora pra casa. Tinha uma audiência às 14h, mas nem fui. A Joyce me disse para ficar em casa e ela foi ao Fórum remarcar a audiência pra mim. Deu certo. Fiquei dormindo a tarde toda.
Acordei, tomei um caldinho de carne e fui ao shopping para buscarmos presente para meu sobrinho. Tomei um suco de melancia. Desceu facinho.
No fim da noite estou eu aqui chupando um Flogoral com a suspeita de uma Amigdalite aparecendo...Eeeeee mais uma pra coleção de horrores da semana.

29º dia - 09/03/2011

Acordei cedo e já liguei pro consultório pedindo pra adiantar a consulta. Não adiantou muito. Fui atendido no mesmo horário que havia marcado. Horário de médico é uma desgraça mesmo.
Fui diagnosticado com sub-estenose.
Tenho que fazer uma endoscopia com balão para abrir a saída do estômago, bem onde liga com o intestino. Mas só amanhã, senão teria que ser internado. Marcaram para as 11:30 de amanhã.
Tomei um suco de pêssego enquanto a Joyce comia uma feijuca no melhor restaurante de São Caetano comigo.
À noite fiz um caldo de vegetais e carne e tomei, igual na primeira semana.
Fui à casa de minha mãe visitar minha irmã, cunhado e sobrinha que vieram de Manaus e comecei a sentir uma dor e vermelhidão nos olhos. Conjutivite, claro. 7 dias sem comer só podia dar nisso.
Dormi fazendo compressas nos olhos com soro gelado.

28º dia - 08/03/2011

Nada, absolutamente nada parava no estômago. Só água passava, e sozinha.
Vomitei tudo que comi, seja pastoso ou sólido, senão não parava de engolir aquela saliva toda.
Fiquei com muito medo de desidratar, e tive que voltar pra SP, encurtando o feriado de Carnaval.
Já tinha agendado uma consulta com o médico para as 3h da quarta, então pensei em voltar e tentar adiantar um pouco, já que o desespero de tanta fome estava me atordoando, fora a fraqueza.
Cheguei de São Sebastião até São Caetano em 2h05m. Chegando em casa nem tentei comer mais nada, já que na estrada tive que parar para jogar tudo pra fora de um pedacinho de torta que havia comido, uns 10gramas. Absurdo.