4 de out de 2014

1061 Dias depois

A correria da vida não justifica ter ficado quase 1 ano sem escrever nesse blog.
Atualizando a situação de alguém que fez gastroplastia (fobi capela com y de roux), depois de mais de 3 anos e meio de operado:
- O peso estabilizou em 90Kg (variando 1Kg pra cima e pra baixo a cada pesagem). Eu tinha 131,2Kg quando operei.
- O peso pouco importa agora, já que a falta de exercícios e hábitos caseiros e de trabalho diminuíram muito missa massa muscular, e isso sim faz falta. Sem massa magra, a sensação de cansaço é maior e as dores por falta de suporte também. Por exemplo: apareceu uma dor no joelho que eu nunca tive nem nos dias de gordão. Certeza que é falta de massa muscular nas pernas para dar suporte ao corpo.
- Cãimbras eram mais frequentes, mas descobri que além da falta de músculos, a falta de água influi muito mais.
- Dumping são frequentes, mas controláveis. Como muito doce, mas chocolate, bolachas e outra coisas mais caseira assim não dão dumping em mim, mas sorvete do McDonalds, Doces grandes como Cheesecake, sorvete (picolé ou massa) e pudim são certeza de dumping. Comidas com muito carboidrato (muito mesmo) e muito gordurosas também dão dumping. Sintomas: de imediato uma forte sensação de sono/cansaço, com direito a boçejos e tudo. Daí uma vontade de ir ao banheiro e em algum tempo depois seguido de diarréia. Tratamento: esperar passar ou comer alguma fruta (maçã funciona muito bem). Doces para aumentar o nível de glicose pioram a situação depois, pois o rebote é maior.
- Percebi também que algumas vezes uma sensação semelhante ao dumping aparece, mas não é dumping, é hipoglicemia mesmo. Por algum motivo o nível de glicose cai e os sintomas são os mesmos. Apenas esclarecendo, nunca tive diabetes e minha glicemia sempre foi normal.
- Como sempre uma quantidade entre 400g a 450g de comida, podendo ser mais, caso demore muito para comer, a comida desce e dá para comer mais. Mas para quê? De vez em quando a situação pede e é necessário controle. Mas evito comer demais.
- Reparei que aumentei a velocidade com que estou comendo. Estou mastigando menos também. Preciso me controlar nesse ponto. Acho que preciso conversar com a Psicóloga de novo.
- Como de tudo (mesmo), desde comida saudável (prefiro) a sanduíches e outras tranqueiras fritas, mas as comidas como arroz, com grão (feijão, grão-de-bico, lentilha...), uma carne e salada, são as que mais saciam a fome e fazem menos mal.
- Vou ao banheiro umas 3 vezes ao dia, e se como comidas gordurosas ou muito doce, o cheiro tende a ser muito, mas muito desagradável. A consistência é geralmente mais pro mole/pastosa e de vez em quando fica mais firme (o que já desacostumei, acho mais fácil mole para limpar e tal..kkkk).
- Como a cada 2 ou 3 horas, de tudo quanto é coisa. Seja castanhas, frutas, pães, salgadinhos, doces... A quantidade varia dependendo do intervalo que dou entre uma refeição e outra. Assim, quanto mais vezes como, menos eu como. Doido isso não?
Bom, espero ter ajudado com esses esclarecimentos de longo prazo. Abraços a todos e boa sorte.
A foto é de hoje (4out2014)