27 de mai de 2011

107° dia - 26/05/2011

Acordar, tomar café da manhã e sair para as compras: estou ficando meio cheio disso.
Primeiro porque agente anda demais, depois porque se gasta demais e terceiro porque se cansa demais. É tudo demais. Chegamos no hotel eram quase 23h depois de umas 12h comprando nos Outlets e Hipermercados aqui de Orlando/Florida.
Compra-se de tudo e para todo mundo. No meio das compras vou postando onde estamos pelo Facebook e colocando fotos e o pessoal no Brasil vai comentando e fazendo pedidos e piorando ainda mais as coisas pois temos que comprar ainda mais.
Amanhã vamos a algum parque aquático para parar de gastar um pouco e ficar na piscina só descansando. Principalmente os pés.

O difícil na verdade é resistir os preços. Trata-se de uma diferença de pelo menos 100% em relação aos preços do Brasil, podendo chegar a mais de 1000% em alguns casos e para alguns itens.
Por exemplo: só uma vitamina B12 de 1000mcg que comprei hoje (só preciso de 350mcg/dia, mas tudo bem), custa no Brasil cerca de R$40,00/30 comprimidos, que dura um mês. Aqui paguei por 300 comprimidos US$11,00, ou seja, uns R$19,00. É ou não é um absurdo?
Uma calça Skinny da Levi's, que no Brasil custa uns R$200,00, eu paguei ontem US$19,00 (R$32,00).
Ah... apenas a título de esclarecimento, a vitamina B12 serve para aumentar o metabolismo na produção de células vermelhas e previnir anemia nos gastroplastizados (como eu).
Decepção do dia: vomitei parte do meu almoço (acho que estava muito temperada a carne), mas mantive a salada pra dentro.

Cardápio do dia:
11h: café, biscuit e ovo mexido
16h: Almoço no Outback (restaurante): salada queensland (alface, tomate, bacon, queijo, amendoa e molho rosé) e baby back ribs (costeleta de porco com molho barbecue).
20h: pacotinho de balas skitles
21h: mordida de um corn-dog
23h: salada caesar com frango e dois raviolis com molho alfredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário